Transporte Público é questionado na Câmara

 Transporte Público é questionado na Câmara Foto: Manoel Freitas

Atrasos em linhas de transporte urbano, demissão de cobradores em massa e ônibus com elevadores quebrados, assuntos que foram pauta na reunião ordinária na Câmara Municipal de Montes Claros, nesta  terça-feira (04). Os vereadores Maria Helena (PPL), Daniel Dias (PCdoB), Ailton Village (PHS), Edmilson Magalhães(PSDB), Rodrigo Cadeirante (REDE), Valcir da Ademoc (PTB), Fábio Neves (PSB), Marlon Xavier (PTC) e Sergio Pereira (DC), em seus pronunciamentos destacaram a necessidade de atenção e solução dos problemas.

A vereadora Maria Helena, expôs sua preocupação com a qualidade dos serviços prestados. De acordo com ela, a ausência de cobradores principalmente nas linhas São Geraldo e Independência, os atrasos dos ônibus e a modificação nas linhas Morada do Parque que davam acesso as faculdades, têm prejudicando a vida dos moradores e usuários. O vereador Daniel informou que deu entrada em projeto exigindo a obrigatoriedade de cobradores em todas as linhas da cidade.

Outra preocupação da vereadora é com a modificação das linhas 8201 e 7101, que davam acesso às faculdades. As que permaneceram não fazem integração. Os alunos estão gastando com 4 passagens diariamente para estudar, relatou a parlamentar.

Os atrasos do transporte também foram levantados pelos  vereadores Ailton, Valcir, Fabio Neves e Edmilson Magalhães. Ailton chamou atenção para demissões de funcionários nas empresas da cidade, e isso tem causado os atrasos, situação que os usuários não tem culpa.

Os parlamentares lembraram também sobre o compromisso de aumentos de linhas, que ate o momento nada foi feito. Cobraram maior fiscalização na licitação, pois de acordo com eles, existem empresas colocando ônibus com elevadores quebrados além de outros problemas, ficando inacessível para os usuários com necessidades especiais.

Publicado dia 04 de Fevereiro de 2020.