Audiência sobre Alagamentos nas Ruas de Vargem Grande II

Situação alarmante das ruas do bairro Vargem Grande II foi pauta de audiência na Câmara Municipal de Montes Claros, proposta pelo vereador Rodrigo Cadeirante (REDE). O evento que foi realizado na noite da última quinta-feira (5/12), teve como objetivo, ouvir a realidade dos moradores, e buscar junto à administração e órgãos competentes a solução.

Durante o evento foram apresentadas cenas lamentáveis de moradores que perderam seus alimentos, móveis, roupas, documentos e sofrem risco eminente de contaminação de doenças, devido ao alagamento nas residências. Estes moradores também foram afetados na antiga administração com outros alagamentos. Na época eles foram abrigados em locais disponibilizados pela prefeitura.

“Falta de humanidade”, afirma o representante dos moradores da região Vargem Grande II. De acordo com ele a situação vivida pelos moradores é lamentável, principalmente com as últimas chuvas que caíram na cidade nos últimos dias.

''Crianças veem seus pais de madrugada arrastando lama para fora de casa, correndo para salvar o pouco que resta de seus pertences. Famílias que dormem em colchões molhados, pois não tem condição financeira, para comprar um novo. Moradores passando necessidade, pois, não recebem apoio nenhum da administração e nem da Defesa Civil, como doações de cestas básicas e outras”, lamenta Douglas.

O secretário de Serviços Urbanos, Vinicius Versiane mostrou estar à disposição dos moradores para ajudar a solucionar o problema.

“A limpeza daquela região está sendo feita com prioridade. Peço a colaboração de todos em relação ao lixo descartado, pois está havendo irregulares, pedimos ajuda da população para que possa denunciar pessoas que fazem isso, colaborando assim para a limpeza, podendo também evitar entupimentos nos bueiros'', defende Vinicius.

De acordo com o diretor de Habitação do município, José Geraldo, uma equipe esteve no local, fazendo registro de todas as famílias, que além de receberem atenção, serão presenteadas com a escritura do terreno gratuitamente. José ainda se colocou à disposição para colaborar na solução do problema dos alagamentos.

Durante a audiência foram mencionados diversos erros no projeto da construção daquela localidade. Na época da construção, não foi calculado o volume de água e que ainda existia deficiência na rede de drenagem. “Como a pavimentação cresceu muito, o problema tem que ser resolvido o quanto antes, defende Silveira, representante do secretário de Infraestrutura.

Publicado em 06 de Dezembro de 2019.