Coleta seletiva em Montes Claros

Coleta seletiva em Montes Claros Foto: Divulgação

O lixo urbano é uma das preocupações de ambientalistas, população e também dos vereadores da Câmara de Montes Claros. Recentemente a Casa aprovou leis que contribuem com o meio ambiente, como os córregos e lagoas da cidade. Uma das propostas aprovadas foi o descarte correto de embalagens de vidro não retornáveis modelos long neck ou one way.

A Vereadora Graça da Casa do Motor (PHS) pediu a implantação de lixeiras de coleta seletiva nas escolas públicas, condomínios e prédios públicos. Esse tipo de descarte já existe na Prefeitura, a ideia é que o projeto seja expandido em toda cidade. De acordo com a vereadora, a educação ambiental deve ser iniciada no âmbito escolar, especificamente na zona rural onde quase não há o descarte regular de resíduos.

“Apresentei o requerimento ao Prefeito Humberto Souto, pois o projeto ensina os alunos a importância da sustentabilidade e preservação do meio ambiente. Educar as crianças é construir adultos conscientes”, afirma Graça.

O Vereador Soter Magno (PP) informou que essas lixeiras (seletivas) estão sendo instaladas em  condomínios fechados. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Vinícius Versiani, o condomínio ou prédio residencial que desejar ter a lixeira estilo “porta bag”, deve procurar a secretaria e manifestar o interesse. Esse tipo de depósito, no momento, não incluirá as residências em geral.

“Já adquirimos um caminhão próprio para recolher resíduos domésticos recicláveis. Um reforço na preservação do nosso meio ambiente”, enfatiza o secretário.

ARBORIZAÇÃO

Montes Claros está executando o projeto de arborização e ruas de lazer em diversas partes da cidade. Segundo Soter, a primeira via beneficiada foi próxima ao parque Sagarana até a praça dos Jatobás. Cerca de dez mil mudas de árvores foram plantadas.  – ainda restam cinco mil.

“A secretaria de Meio Ambiente está disponibilizando as mudas. Quem quiser adquirir as mudas, deve ir até a secretaria com o comprovante de residência – cada pessoa tem o direito a três mudas. Para receber mais de três mudas é preciso a apresentação de um projeto visando a revitalização de alguma região.

Publicado dia 05 de Dezembro de 2019.