Câmara cobra atenção com praças e moradores em situação de rua

Câmara cobra atenção com praças e moradores em situação de rua Mauro Miranda

A situação dos moradores de rua e as condições das praças de Montes Claros voltaram a ser temas na reunião dos Vereadores de Montes Claros. Eles cobram uma atenção especial por parte das Secretarias de Assistência Social e Meio Ambiente.

O vereador Edmílson Magalhães (PSDB), lembrou que as praças da cidade estão se tornando as casas das pessoas em situação de rua. Ele defende uma assistência mais eficaz às pessoas que não têm abrigo ou trabalho. O vereador também cobrou a manutenção das praças, principalmente da região central: “é triste ver pessoas sem as mínimas condições de moradias, tendo que dormir, viver nas ruas e praças. Também é ruim ver praças, como a da matriz se tornando casa de tantas pessoas em situação de rua. A prefeitura precisa agir, e de forma urgente. Não podemos fechar os olhos para a necessidade de tantas pessoas, também não podemos abrir mão das nossas praças. Cartões postais da nossa cidade já não podem mais ser se quer visitados”, ressaltou o vereador.

Para o Vice-Presidente da Câmara e Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Soter Magno (PP), a questão é de humanitária e também ambiental: “temos que pensar em como estas pessoas estão vivendo, sem nenhuma dignidade. Como estas pessoas vão pensar em preservar uma praça? As praças são pontos turísticos e locais de encontros de amigos. Elas precisam ser preservadas para serem apreciadas. Mas hoje, o que existe para ser apreciado? O que vemos é degradação”, ressaltou Soter.

O Vereador Elair Gomes(MDB), que há tempo cobra a recuperação de uma das principais praças do bairro Santa Rita, falou sobre a importância de valorizar e deixar esses locais públicos em condições de receber famílias: “como é bom ver as praças de nossa cidade com os grupos de ginástica da terceira idade, com crianças correndo, brincando na grama. Mas isso está quase impossível, por causa das pessoas em situação de rua que estão ocupando estes locais por não ter pra onde ir. Essas pessoas precisam de apoio e nossas praças de mais cuidado”, finalizou o vereador.

 

O QUE DIZ A PREFEITURA

Procurado pela produção, o Secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Paulo Ribeiro informou que está aguardando a finalização do abrigo que a Prefeitura está construindo na Vila Oliveira, para fazer a retirada das pessoas em situação de rua para reformar e revitalizar as praças.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Aurindo Ribeiro, o abrigo será inaugurado até o final da primeira quinzena de novembro. “O empreendimento está em fase final. O espaço está sendo feito para abrigar 50 pessoas. serão oferecidos refeições, lavanderia e atividades educacionais e profissionalizantes”.