Câmara alerta sobre crise hídrica na região

Câmara alerta sobre crise hídrica na região Ascom/Câmara

Durante a reunião da Câmara de Montes Claros, uma das pautas defendidas pelos vereadores, foi a solução para a questão hídrica do município. Foram apresentadas sugestões para tentar solucionar a situação tanto da zona urbana, quanto da zona rural.


Na sua fala o vereador Ildeu Maia (PP) alertou sobre o risco de faltar água na cidade, mesmo com o fim do racionamento imposto pela Copasa que durou quase três anos. ''Fomos notificados no final do ano passado pela empresa responsável pelo abastecimento, a Copasa, sobre o fim do rodízio mas, na verdade, a realidade é outra, estamos correndo sério risco de ficarmos sem água'', salientou o vereador.


Ainda segundo Ildeu, para que a população não seja novamente surpreendida com o racionamento é necessário a realização de medidas urgentes para solucionar os problemas. No caso da zona rural, entende que a contratação de caminhões pipas, seria uma solução para abastecer locais mais distantes e de maior necessidade. Mas, de acordo com ele, o município não tem caminhões suficientes para atender a demanda.


Para o vereador, além de ações juntos com lideranças do estado, faz se necessário decretar a situação de emergência, assim como acontece em outros municípios. Uma alternativa para enfrentar a crise hídrica é a construção de barragem, para armazenamento de águas em tempo chuvoso e que possa ser e utilizada no período de estiagem.


Finalizando lembrou Maia que ''cerca de 70% das comunidades rurais passam por dificuldades, e precisão de ações do Governo Federal, estadual e municipal, para que possa pelo menos, amenizar todos problemas hídricos'', explica Ildeu.