Medalha de Honra a Montes Claros será entregue para Josué Gomes da Silva

A Câmara Municipal de Montes Claros aprovou nesta terça-feira (25/6), durante a reunião ordinária, o projeto n°22/2019 de iniciativa da Mesa Diretora que concede Medalha Ivan José Lopes de Honra a Montes Claros ao empresário, Josué Christiano Gomes da Silva. Outros dois projetos também foram aprovados, além de dois vetos do Executivo.

Todos os anos, a Câmara entrega a comenda mais importante da Casa a um cidadão que tenha prestado relevantes serviços para Montes Claros. A escolha deste ano foi o empresário, Josué Gomes da Silva, atual presidente da Companhia de Tecidos Norte de Minas (Coteminas) - a medalha será entregue em 3 de julho, dia em que se comemora o aniversário da cidade.

Também foi aprovada, a proposta n°21/2019, de iniciativa do Vereador Ildeu Maia (PP), que concede Título de Cidadão Benemérito de Montes Claros ao jornalista, Itamaury Teles de Oliveira. O projeto n°72/2019, do Executivo Municipal, autoriza concessão de direito real de uso de imóvel à sociedade empresária ASP – Farmacêutica localizada no bairro Distrito Industrial. A empresa atua no comércio de medicamentos e drogas de uso humano e também na fabricação de medicamentos alopáticos – a sede oficial da empresa fica na Argentina.

VETOS

O prefeito Humberto Souto (Cidadania) vetou dois projetos aprovados pela Casa e de iniciativa do Legislativo. O primeiro veta o n°17/2019 que denominava praça Rosângela Veloso Assis Martins. O outro, barra o projeto n°22/2019 que nomeava praça Doutor Antônio Augusto Barbosa Moura. Segundo o veto, os dois projetos denominam a mesma praça com dois nomes diferentes e isso é ilegal. Segundo o autor, Vereador Soter Magno (PP), os projetos retornarão com as devidas correções.